Container

Pelotas Convention & Visitors Bureau.

Endereço: Rua Félix da Cunha, 765 - Centro - Pelotas - RS - CEP 96.010-000

Telefone: (53) 3284.8687 -

Slogan publicitário da empresa

Visite

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

RECEBA NOVIDADES POR E-MAIL

Não iremos enviar spam. Você pode cancelar o recebimento quando desejar.

Notícias

Conceito cenográfico da Fenadoce deste ano evoca a origem artesanal do produto que é a alma da feira

Publicado 20 Abr

De volta às origens da tradição doceira de Pelotas, a Feira Nacional do Doce - Fenadoce, de 31 de maio a 18 de junho, celebrará as memórias de uma cultura e as cozinhas onde doceiras faziam e refaziam receitas de família. Histórias que serão representadas por personagens saídos do universo mágico e lúdico do artista plástico Madu Lopes, responsável pelo conceito do projeto cenográfico desta e das próximas duas edições.

Sob o tema Doce - A nossa grande história, Lopes e sua equipe desenvolvem um trabalho que lembrará a mescla cultural - africana, portuguesa, francesa, alemã e italiana - que ajudou a caracterizar uma tradição que hoje é a alma da feira. “Pensei em trazer um resgate da história do doce e da colaboração das diferentes etnias, que culminou nessa joia que temos aqui hoje, que é patrimônio.”

Neste resgate o artista irá enaltecer a potência das cozinhas artesanais e o trabalho de mulheres anônimas e que foram as grandes maestras desse processo. E é na figura feminina, tão característica nas obras de Madu, que a Fenadoce se encontra com a cenografia inspirada por este artista de Pelotas. “O meu trabalho está bem representado; esta temática casou bem com a minha linguagem estética.”

Cozinha da casa
Para recompor esta origem Lopes está desenvolvendo personagens que representam as diferentes etnias. A maior parte deste trabalho será vista na sala da torre, do Centro de Eventos, onde ocorre a Fenadoce, montada como uma grande sala de exposições.

No local, por exemplo, haverá uma caixa cênica representando a cozinha de uma casa, de onde saíam as iguarias que hoje fomentam emprego e renda a muitas famílias. “É uma caixa fechada, mas toda vazada, para visualização. Onde vamos criar uma cozinha mágica, com personagens interagindo. As pessoas terão acesso visual àquele espaço”, antecipa.

Madu Lopes explica que esta cozinha será o primeiro grande elemento cênico. “Vamos trabalhar com vários elementos desta cozinha tradicional, do tacho de cobre ao fogão a lenha. O foco bem no artesanal.” 
O projeto, que está sendo desenvolvido desde dezembro do ano passado, prevê que para os próximos anos sejam construídos mais dois elementos importantes: uma confeitaria e a fábrica do doce. “Pegaremos bem esse enfoque do desenvolvimento do doce.”

Nova roupagem
Toda a criação está sendo feita lá mesmo no Centro de Eventos, onde Lopes, com a ajuda dos artesãos Márcia Silveira, Giovani Bosica e Renato Nunes, montou um ateliê. A sala, antes um depósito, tem cedido não só espaço aos artistas, mas também muito material que está sendo reciclado. “Estamos trabalhando com muita ressignificação de materiais, muita sucata que a gente encontrou aqui. Um grande desafio”, fala.

Para dar tridimensionalidade aos sete personagens e três crianças desenhadas pelo artista, a equipe tem utilizado as técnicas mais comuns ao processo criação de Madu Lopes: pintura, escultura e papel machê. Mas também entraram papietagem e assemblagem, principalmente.

Além dos cenários, Madu Lopes também está desenvolvendo os figurinos dos atores que irão atuar dentro da caixa cênica, estandartes e desenhos que serão plotados nos demais espaços da feira. “Estou bem contente com esta parceria. Acho que vai ser uma Fenadoce bem diferenciada. Estamos trabalhando com o coração.”

Serviço
O quê: Feira Nacional do Doce - Fenadoce 2017
Quando: 31 de maio a 18 de junho
Onde: Centro de Eventos Fenadoce (avenida Presidente João Goulart com a BR-116) - Pelotas
Horário: segunda a quinta-feira, das 14h às 22h; sexta, das 14h às 23h; sábado, domingo e feriado, das 10h às 23h
Ingressos: segunda a sexta: R$ 8,00 por pessoa; sábado, domingo e feriados: R$ 10,00 por pessoa
Estacionamento: R$ 15,00; crianças até seis anos não pagam ingresso e estudantes identificados com a carteira estudantil e idosos acima de 60 anos pagam 50% do valor
Site: www.fenadoce.com.br
Facebook: www.facebook.com/fenadoce

Fonte: Diário Popular - Por: Ana Cláudia Dias

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

Campanha-internas-1490x90

Favicon Atendimento Online Pelotas Convention